RR245: Cientistas descobriram um novo “planeta”

Facebookgoogle_plusyoutubeFacebookgoogle_plusyoutube

Contemplai RR245! Um grupo de cientistas, incluindo pesquisadores da Universidade de Victoria, no Canadá dizem ter encontrado um novo “planeta” à espreita nas bordas exteriores do nosso sistema solar. O objeto celeste recém-descoberto foi nomeado e tem uma das mais misteriosas e maiores órbitas já vistas neste tipo de mundo: São precisos 700 anos para completar uma única órbita em torno do Sol.

Parece que o nosso sistema solar -este pequeno pedaço de espaço em que residimos neste imenso universo- nos está a dar mais surpresas do que as que esperávamos.

A existência de novos planetas para além da órbita de Plutão é algo amplamente aceite por muitos astrónomos por todo o Mundo. Agora, Astrónomos descobriram um novo mundo além da órbita de Neptuno, que prova que esta teoria não é tão precisa quanto pensavam. Caso para dizer Plutão, chega-te para lá.

O objecto recém-descoberto tem cerca de 700 km de largura e uma das mais misteriosa e maiores órbitas já vistas neste tipo de mundo: São precisos uns fantásticos 700 anos para orbitar o Sol.

Designado de 2015 RR245 pelo Centro de Planetas Menores da União Astronómica Internacional(International Astronomical Union), o mundo alienígena foi encontrado com a ajuda do telescópio instalado no topo de Mauna Kea, Havaí, como parte da Pesquisa das Origens do Sistema Solar exterior(OSSOS), Outer Solar System Origins Survey em Inglês.

“Os mundos gelados para lá de Neptuno indicam-nos como os planetas gigantes se formaram e, em seguida, se afastaram do sol”, disse Dr. Michele Bannister, da Universidade de Victoria.”Eles permitem-nos colar os pedaços da história do nosso sistema solar.”

“Quase todos esses mundos gelados são pequenos e esbatidos, por isso é realmente excitante conseguir encontrar um que é grande e brilhante o suficiente para o estudarmos detalhadamente.”

A equipa de astrónomos constituída por diferentes cientistas de vários países, incluindo pesquisadores da Universidade de Victoria, no Canadá, observou o novo mundo por um período de seis meses dos 700 anos que leva para completar uma órbita em torno de nossa estrela.

rr245 descoberto

RR245 foi visto pela primeira vez em fevereiro de 2016 entre as imagens obtidas anteriormente pelo Ossos, em setembro de 2015.

O planeta “anão” foi descoberto como um pequeno ponto brilhante nas imagens do telescópio.

“Lá estava ele no ecrã”, disse Dr. Bannister. “Este ponto de luz, movendo-se tão lentamente, que tinha de estar pelo menos duas vezes mais afastado do Sol do que Neptuno.”

Além da emoção pela descoberta do objecto, os pesquisadores ficaram ainda mais excitados quando se aperceberam da órbita altamente elíptica do planeta, que o leva a 120 vezes mais longe do Sol do que o nosso planeta.

Os pesquisadores ainda não sabem o tamanho exacto do planeta anão recém-encontrado, porque as propriedades de superfície exigem medidas significativas.

“Ou é pequeno e brilhante, ou grande e baço”, disseram os pesquisadores.

orbita rr245_labeled

Curiosamente, RR245 é o único planeta anão encontrado por Ossos, que descobriu mais de 500 novos objectos transneptunianos.

Pesquisas anteriores mapearam quase todos os planetas anões mais brilhantes, então RR245 pode ser um dos últimos grandes mundos para lá de Neptuno a ser encontrado até pormos as mãos na próxima geração de telescópios, que certamente irá ajudar os cientistas na sua busca por novos mundos alienígenas na vizinhança do nosso sol.

In: Ancient Code

Créditos das Imagens

Please Enter Your Facebook App ID. Required for FB Comments. Click here for FB Comments Settings page

Hits: 455
(Lida 137 vezes, 1 visitas hoje)
Facebookgoogle_plusmailFacebookgoogle_plusmail
0
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE