Plano para transformar asteróides em naves espaciais pode estimular a extração de minérios fora da Terra

Daqui a algumas décadas, asteróides podem estar a voar para postos avançados de extração de minério no espaço, nobremente sacrificando seus abundantes recursos para ajudar a abrir a fronteira final para a Humanidade.

Essa é a visão da empresa Made In Space, com sede na Califórnia, que recentemente recebeu financiamento da NASA para investigar como transformar asteróides em Naves Espaciais gigantes e autónomas.

O projeto, conhecido como RAMA (sigla em inglês – Reconstituting Asteroids into Mechanical Automata), faz parte do plano de longo prazo da Made In Space para permitir a colonização do espaço, ajudando a tornar a produção fora da Terra eficiente e economicamente viável. [Como a mineração de asteróides poderá funcionar (infográfico)INGLÊS].

“Hoje em dia, temos a capacidade de trazer recursos da Terra”, disse o co-fundador e diretor de tecnologia da Made In Space, Jason Dunn, à Space.com. “Mas quando chegarmos a um ponto de inflexão em que precisamos dos recursos no espaço, a questão será: ‘De onde virão eles e como os vamos obter, e ainda como os entregamos no local onde são precisos?’ Esta é uma maneira de fazer isso. ”

Diagrama de um asteroide que foi convertido em uma Nave Espacial mecânica por uma “Seed Craft” robótica. Crédito – Zoe Brinkley

O PLANO

A ideia da Made In Space envolve o envio de uma “Seed Craft” avançada e robótica para se “encontrar” com uma sucessão de asteróides próximos da Terra no espaço.

O “Seed Craft” colheria material das rochas espaciais e usaria essa matéria-prima para construir propulsão, navegação, armazenamento de energia e outros sistemas essenciais no local com o auxílio de impressão 3D e outras tecnologias. (A Made In Space possui considerável experiência em impressão 3D; a empresa construiu as duas impressoras 3D que foram instaladas a bordo da Estação Espacial Internacional no último ano e meio.)

Assim transformados em Naves Espaciais autónomas, os asteróides poderiam ser programados para voar para uma estação de mineração no espaço entre a Terra-Lua, ou em qualquer lugar onde fossem necessários. Essa abordagem seria muito mais eficiente do que lançar uma nova sonda de captura (ou sondas) para cada rocha espacial destinada à exploração de recursos, disseram representantes da Made In Space.

Os asteróides convertidos não se assemelham à ideia tradicional de Nave Espacial, com motores de foguete e circuitos eletrónicos complexos. Em vez disso, tudo seria mecânico e relativamente primitivo.

Por exemplo, o computador seria analógico, parecido, talvez, ao mecanismo antikythera inventado pelos antigos gregos para mapear o movimento dos corpos celestes, disse Dunn. E o sistema de propulsão poderia ser algum tipo de catapulta que lance pedras ou outro material do asteróide de maneira controlada, empurrando a rocha espacial na direção oposta (como descrito pela Terceira Lei do Movimento de Newton), acrescentou.

“No final do dia, a única coisa que queremos que o asteróide seja é tecnologia que existe há muito tempo. A questão é: ‘Podemos converter um asteróide nessa tecnologia em algum momento no futuro?'” Dunn disse. “Achamos que a resposta é sim”.

O projeto RAMA não está começando do zero. Impressoras 3D autónomas que usam sistemas mecanicamente acionados já existem, observou Dunn, assim como computadores mecânicos feitos de peças impressas em 3D.

Ainda assim, fazer isso acontecer exigirá avanços significativos em diversas áreas, incluindo a utilização de recursos in-situ (ISRU) – a arte de viver da terra. A Made In Space está a contar com a NASA para impulsionar a tecnologia ISRU, disse Dunn. A tecnologia avançada da ISRU será vital para apoiar os astronautas em Marte e outros postos avançados da Terra, afirmaram oficiais da NASA. Que tecnologia os humanos precisarão para explorar Marte? (Vídeo)]

AINDA NO INICIO

A visão alargada da Made In Space não será realizada tão cedo, porque o RAMA ainda está nos estágios iniciais.

Em abril, o projeto recebeu uma doação de Fase 1 do programa NIAC (Innovative Advanced Concepts) da NASA, que visa incentivar o desenvolvimento de tecnologias de exploração espacial potencialmente revolucionárias.

Os vencedores da Fase 1 do NIAC recebem €88 468 (US $ 100.000) por nove meses de estudos iniciais de viabilidade. (Os beneficiários podem então solicitar um prêmio NIAC de Fase 2, que vale cerca de €442 301 (US $ 500.000) e financia dois anos de desenvolvimento de conceitos adicionais.)

Qualquer discussão sobre cronogramas do Projeto RAMA é, portanto, incrivelmente especulativa, enfatizou Dunn. Ainda assim, ele estimou que o esforço pode exigir 20 anos ou mais de desenvolvimento de tecnologia e outros trabalhos. Se for esse o caso, o primeiro “Seed Craft” poderá levantar vôo no final da década de 2030 – talvez assim como a mineração de asteróides e a fabricação fora da Terra se estejam a tornar realidade.

“A expectativa é que a arquitetura RAMA seja um projeto de longa duração, e quando ela se tornar capaz será quase ao mesmo tempo que as pessoas realmente precisarão dos recursos”, disse Dunn.

O projeto RAMA também poderia ter aplicações aqui na Terra, acrescentou, dizendo que máquinas similares à “Seed Craft” poderiam fazer uma variedade de trabalhos ao redor do planeta.

“Você pode construir infraestruturas em locais remotos de forma autónoma e converter recursos em dispositivos úteis e máquinas mecânicas”, disse Dunn. “Isso realmente poderia resolver alguns grandes problemas na Terra, desde locais para morar até à construção de coisas que tornam a vida das pessoas melhor.”

Podem ler mais sobre o Projeto RAMA na página do NIAC da Made In Space e  num artigo que Dunn escreveu para Medium.com.

Siga Mike Wall no Twitter @michaeldwall e no Google+. Siga-nos no @Spacedotcom, Facebook ou Google+. Originalmente publicado no Space.com.

Autor – Mike Wall, Space.com Senior Writer

Fonte

Crédito Imagem Destaque

Please Enter Your Facebook App ID. Required for FB Comments. Click here for FB Comments Settings page

(Lida 1 vezes, 1 visitas hoje)
0
0
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE