Novo estudo sugere que Marte ainda pode ser vulcanicamente ativo

Marte pode ser mais ativo do que pensávamos originalmente. Um novo estudo sugere que Marte pode muito bem ser vulcanicamente ativo e a prova está na água. Embora não haja evidências sólidas de atividade vulcânica, como magma ou erupções, os pesquisadores acreditam que ainda há atividade no Planeta Vermelho.

Embora Marte ainda seja lar de gelo e vapor, um estudo de agosto de 2018 revelou que há um lago de 20 quilómetros de largura que contém água líquida que está por baixo do gelo, localizado no pólo sul do planeta. No início, os autores do estudo acreditavam que a água ainda estava na forma líquida devido ao sal dissolvido, bem como a pressão vinda de cima.

Marte

No entanto, novos estudos realizados parecem sugerir que o sal e a pressão não teriam conseguido manter a água no estado liquido e que só atividade vulcânica a poderia manter na forma líquida. Eles sugeriram que o calor teria de vir do interior do planeta e uma câmara de magma seria a fonte mais óbvia.





 Ali Bramson, que é pesquisador associado de pós-doutoramento no Laboratório Lunar e Planetário da Universidade do Arizona, bem como co-autor do novo artigo, explicou: “Nós achamos que, se existir algum tipo de vida, é muito provável que esteja a ser protegida na sub-superfície da radiação ”. Ela continuou dizendo:“ Se ainda existem processos magmáticos ativos hoje, talvez eles fossem mais comuns no passado recente e pudessem fornecer um derretimento basal mais difundido. Isso poderia fornecer um ambiente mais favorável para a água líquida e, talvez, a vida ”.

Marte é o lar de numerosos vulcões que estavam ativos no passado. Na verdade, o maior vulcão do nosso Sistema Solar está localizado no Planeta Vermelho e tem o nome de Monte Olimpo (também conhecido pelo seu nome em latim, Olympus Mons). Além deste, existem três outros vulcões de escudo que estão localizados perto de Olympus Mons e que são chamados de Montes Tharsis.

Olympus Mons

Os autores do artigo sugerem que à cerca de 300.000 anos atrás, o magma do interior de Marte subiu à superfície do planeta, mas em vez de criar outro vulcão, acabou sendo aprisionado numa câmara de magma localizada sob o Pólo Sul. Eventualmente, a câmara de magma terá arrefecido, mas ainda terá liberado calor suficiente para derreter o gelo que estava debaixo da camada de gelo polar. O resultado final é que a água liquida continuaria a existir devido ao calor que está sendo libertado lentamente, mantendo assim o lago sub-superficial no seu estado líquido.





Os autores também indicaram que se houvesse atividade vulcânica no planeta à 300.000 anos atrás, isso ainda pode estar a acontecer atualmente. Bramson acrescentou a esse pensamento, afirmando: “Isso implicaria que ainda há formação de câmara de magma ativo a acontecer no interior de Marte hoje e que não é apenas um lugar frio, tipo um local morto.”

Autora – Jocelyne LeBlanc

Fonte

Crédito Imagem Destaque

Crédito Imagem Marte

Crédito Imagem Olympus Mons

Please Enter Your Facebook App ID. Required for FB Comments. Click here for FB Comments Settings page

(Lida 28 vezes, 1 visitas hoje)
0
0
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE