Ter. Fev 19th, 2019

Photo: ESO/M. Kornmesser

Nova Prova: Oumuamua é parte de Nave Extraterrestre

Apesar da reação dos colegas da comunidade científica, Avi Loeb continua a defender a sua teoria de que o objeto interestelar, chamado Oumuamua, que passou pelo nosso sistema solar, é parte de uma Nave Espacial Extraterrestre. Ele argumenta que outros astrónomos perderam sua “curiosidade infantil” e têm muito medo de errar.

Em entrevista ao Chicago Tribune, Avi Loeb, chefe do departamento de astronomia da Universidade de Harvard, partilhou que ele tem trabalhado numa equação que provará que o estranho objeto interestelar, chamado Oumuamua e atualmente a passar a órbita de Júpiter, é parte de uma Nave Espacial Extraterrestre.





 

© NASA. NASA/ESA/STSCI
Professor de Harvard que sugeriu “Oumuamua” é Nave Extraterrestre mantém a sua posição

O Astrónomo acha que Oumuamua não é um cometa ou asteróide, como os seus colegas sugerem, mas uma vela que já foi a força motriz do “equipamento tecnológico avançado”. Loeb aponta que o objeto interestelar está a mover-se muito rápido para um pedaço de rocha inerte, como se estivesse a ser empurrado por trás. Ele também acha que não é um cometa, pois as observações do objeto não revelaram nada parecido com a cauda de um cometa.

Loeb acredita que a imagem mainstream de Oumuamua como um pedaço de rocha em forma de batata está errada. De acordo com o astrónomo, é uma vela leve oblóide de um quilómetro de comprimento e 1 milímetro de espessura, que é tão leve e fino que é capaz de “pegar” os raios do sol e usá-los como “vento”, impulsionando-o ainda mais no espaço. Até agora, os cientistas não conseguiram determinar a forma exata do objeto devido à sua rotação complexa, mas sugerem que é uma rocha “em forma de charuto”.

LEIA MAIS EM: “Chance de ‘Mensagem numa garrafa’ de Extraterrestres não deve ser dispensada”

O renomeado Astrónomo enfrentou críticas de colegas sobre as suas opiniões sobre a essência de Oumuamua. Muitos deles acusaram Loeb de publicar teorias em que ele próprio não acredita e de se juntar à “ciência sensacionalista e mal-motivada”. No entanto, o principal Astrónomo de Harvard continua inflexível nos seus pontos de vista e está a exigir que os seus críticos forneçam argumentos convincentes para refutar a sua teoria.

Fonte

Crédito Imagem Destaque – Photo: ESO/M. Kornmesser

Crédito Imagem NASA – Photo: NASA. NASA/ESA/STSCI





Sputnik: Acha que algum dia poderemos realmente descobrir o que “Oumuamua” realmente era?

Please Enter Your Facebook App ID. Required for FB Comments. Click here for FB Comments Settings page

(Lida 23 vezes, 23 visitas hoje)
0
0
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE