O lago Ness e o seu monstro “Nessie” apanhado em fotografias

Facebookgoogle_plusyoutubeFacebookgoogle_plusyoutube





Algo estranho foi visto recentemente por um turista a atravessar as águas turvas do Lago Ness (Loch Ness), famoso marco das Terras Altas da Escócia… e ela conseguiu fotografá-lo.
Calley Tulleth de 28 anos , mãe de três filhos, estava a aproveitar o almoço na varanda com vista para o Lago, quando ela começou a notar em alguma coisa que fazia ondinhas enquanto percorria o seu caminho através da água. “Eu estava a almoçar na varanda com vista sobre o Lago Ness“, disse ela ao Mirror, ” quando, de repente, vi essa coisa azul a nadar do outro lado.
Enquanto o entusiasmo de Tulleth (e a presença de espírito que lhe permitiu tirar as fotos) estão a ser elogiados, as fotos, que aparentemente parecem mostrar algo a atravessar o Lago, deixam muito à imaginação:

Crédito Imagem: Calley Tulleth, SWNS.com
Crédito Imagem: Calley Tulleth, SWNS.com

As Lendas relacionadas ao Lago Ness remontam tão longe como os anos 500s, quando foi dito que São Columba (Saint Columba) ter encontrado um monstro no vizinho Rio Ness, que ele afastou, fazendo o sinal da cruz. Muitos estudiosos vêem semelhanças entre esta lenda, e as de outros santos que combateram animais aquáticos (um conto semelhante é o de São Jorge e o dragão).
Além das inúmeras fotos (e na sua maioria desacreditadas) que surgiram ao longo dos anos, houve também filmes feitos no Lago Ness em que parece se ver alguma coisa a mover-se através da água. Talvez o melhor deles seja o filme feito por Tim Dinsdale em 1960, que parece mostrar um grande animal a mover-se através do Lago:





Um aperfeiçoamento do filme que foi feito em 1993 levou ao que alguns interpretam como um grande corpo debaixo da água, o qual acompanha a “protuberância” proeminente visível no vídeo acima. De acordo com Dinsdale, o objecto que ele filmou parecia castanho avermelhado, e parecia ter uma mancha escurecida de uma cor escura num dos lados. As interpretações de alguns cépticos em relação a este objecto têm discutido se o objecto teria sido apenas um barco, e que talvez a “mancha” podia ter sido um passageiro dentro do barco.

Dr. Denys Tucker
Dr. Denys Tucker

Entre os indivíduos mais qualificados que já testemunharam a estranha “coisa”,que dizem habitar o Lago está o Dr. Denys Tucker, ex-membro do Museu de História Natural britânico. Considerado um zoólogo muito bem conceituado e distinto entre seus pares, Tucker foi visitar o Lago Ness numas férias em 1959, quando algo fantástico aconteceu: enquanto ele observava o Lago, ele ficou perplexo, enquanto observava uma criatura a vir à superfície, claramente visível enquanto passava debaixo da água.
O encontro teve um impacto duradouro sobre Tucker, que posteriormente escreveu à New Scientist, numa carta onde ele entusiasmado proclamou que a criatura “só poderia ter sido um Elasmosaurus”, um “monstro” aquático do mundo antigo que se acredita ter se tornado extinto à 80 milhões de anos atrás.

Crédito Imagem: Prehistoric-Wildlife
Crédito Imagem: Prehistoric-Wildlife

Estou bastante satisfeito por termos no Lago Ness uma das descobertas mais excitantes e importantes de zoologia britânica de hoje“, escreveu Tucker. Apesar de seu prestígio e reputação sólidos, logo após o anúncio Tucker foi despedido, um processo bastante escandaloso que foi relatado pelo Daily Mail no ano passado.
Enquanto as provas que suportam uma misteriosa criatura no Lago Ness são escassas, a comunidade cryptozoologica deixa um pouco a desejar. Entre as fotografias menos discutidas que podem mostrar alguma coisa grande e misteriosa sob as águas do lago escocês está a que foi tirada pelo Fotografo James Gray, que estava acompanhado pelo seu amigo Peter Levings quando tirou esta fotografia em 2001:

leving

Nem esta, ou qualquer fotografia semelhante por si só, irá provar a existência de “Nessie”. Ainda assim, restarão aqueles sonhadores entre nós, que perguntam se não pode existir efectivamente alguma verdade nas lendas, e os já antigos rumores que falam de algo grande, e pelos testemunhos, algo pré-histórico parece residir no Lago Ness.
O que quer que possa estar à nossa espera (se é que alguma coisa existe) pode não ser o que se está à espera que seja. No entanto, a intrigante possibilidade de que poderão haver um número indeterminado de mistérios que nos têm escapado até aos dias de hoje é uma ideia cativante, e talvez algum deles acabe por ser real.

By: Micah Hanks

In: Mysterious Universe

Crédito Imagem Destaque: ZDF
Phenomania – O que é real?



Please Enter Your Facebook App ID. Required for FB Comments. Click here for FB Comments Settings page

Hits: 639
(Lida 200 vezes, 1 visitas hoje)
Facebookgoogle_plusmailFacebookgoogle_plusmail
1
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE