NASA acaba de confirmar terra tem mais uma lua

Facebookgoogle_plusyoutubeFacebookgoogle_plusyoutube

Pelos vistos a nossa Lua não está sozinha a orbitar o nosso planeta. A Terra tem um companheiro no espaço que tem orbitando o nosso mundo há mais de um século, e apenas recentemente a NASA o detectou.

Nova Lua

De acordo com novos relatórios da NASA, há uma quase-lua que orbita em torno da Terra à cerca de um século, e nós nem demos por ela.

A nova lua não é tão grande quanto a nossa Lua, mas, ainda assim faz companhia à nossa lua original, enquanto viajam através do espaço.

Esta quase-lua menor orbita a Terra com uma órbita extremamente irregular. A Lua 2.0 é na verdade o asteróide 2016 H03, que se prendeu numa dança com o nosso planeta, na realidade, está a dançar com o nosso planeta à quase um século e nós nunca reparamos nela até à pouco tempo. A órbita da quase-lua quase é extremamente elíptica fazendo com que viaje entre 38 e 100 vezes a distância da Lua ‘original’ do nosso planeta.

A “nova” lua está inclinada em cerca de 8 ° e tem uma órbita ao redor do sol de 365.93 dias, que é um pouco mais longa do que a do nosso planeta, 365,24.

A órbita da lua nova varia muito. Na verdade, devido à sua órbita inclinada e elíptica ,2016 H03 às vezes está mais perto do sol e move-se mais rápido do que o nosso planeta e outras vezes está mais longe e move-se mais lentamente. No entanto, o pesquisador descobriu que nunca se aproxima dos 14 milhões de quilómetros da Terra, nem se afasta mais do que 40 milhões de quilómetros.

A nova quase-lua tem cerca de 40 metros de diâmetro e cerca de 100 metros de largura e provavelmente permanecerá como uma lua menor da Terra durante os próximos séculos.

A nova lua foi descoberta graças ao Pan-STARRS 1 telescópio de rastreio de asteróides em Haleakala, Hawaii.

“O 2016 HO3 anda em torno do nosso planeta, mas nunca se aventura muito longe enquanto orbita o sol na companhia da Terra dois ir ao redor do sol, por isso nos referimos a ele como um quase-satélite da Terra”, disse Paul Chodas, gerente do Centro da NASA para Near-Earth Object ( NEO) Estudos do Laboratório de Propulsão a Jacto, em Pasadena, Califórnia. “Um outro asteróide – 2003 YN107 – seguiu um padrão orbital semelhante por um pouco mais de dez anos, mas, desde então, já saiu da nossa vizinhança. Este novo asteróide está muito mais “agarrado” a nós. Nossos cálculos indicam 2016 HO3 tem sido um quase-satélite muito estável da Terra durante quase um século, e vai continuar a seguir esse padrão como companheiro da Terra nos séculos vindouros. ”

In: Ancient-Code

Please Enter Your Facebook App ID. Required for FB Comments. Click here for FB Comments Settings page

Hits: 1295
(Lida 513 vezes, 1 visitas hoje)
Facebookgoogle_plusmailFacebookgoogle_plusmail
0
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE