Sáb. Dez 15th, 2018

Pesquisadores detectam 2 novos mundos gelados além da órbita de Neptuno

De acordo com os astrónomos, estes novos mundos extraterrestres têm alguns dos mais altos periélios de objetos conhecidos no nosso sistema solar, mesmo que não estejam muito distantes, e são diferentes de objectos semelhantes de alto periélio como Sedna. Os pesquisadores não têm a certeza de como é que estes objectos gelados ficaram com órbitas tão “incomuns”.

Os mundos extraterrestres descobertos recentemente ocupam uma área de espaço além do que é conhecido como a "ponta do Cinturão de Kuiper," Crédito Imagem: Ancient Code
Os mundos extraterrestres descobertos recentemente ocupam uma área de espaço além do que é conhecido como a “ponta do Cinturão de Kuiper,”
Crédito Imagem: Ancient Code




Muitas pessoas acreditam que descobertas semelhantes irão ajudar os astrónomos a finalmente encontrar um dos objectos mais evasivos do nosso sistema solar: O Planeta Nove,também conhecido por, Planeta X.

Num esforço para encontrar novos planetas que espreitam as bordas exteriores do nosso sistema solar, os astrónomos detectaram dois novos mundos extraterrestres além da órbita de Neptuno, cujas órbitas estão em “ressonância” com o dito planeta.

Os mundos recém-descobertos têm o terceiro e quarto periélio mais remoto – a abordagem mais próxima ao Sol de qualquer objecto conhecido no sistema solar.

Os seus caminhos orbitais implica que os mundos extraterrestres têm interagido com Neptuno no passado distante, e assim continuam no presente, apesar da sua grande distância ao gigante gasoso.

A descoberta dos dois mundos gelados foi feita com base em observações do telescópio Subaru no Havaí e do Observatório Interamericano de Cerro Tololo (CTIO) no Chile. Os planetas estão catalogados na edição de julho da edição Astrophysical Journal Letters.

Os descobridores destes dois mundos são Scott S. Sheppard (Carnegie Institute) e seus colegas Chad Trujillo (Gemini Observatory) e David J. Tholen (Universidade do Havaí). Esta descoberta foi possível depois de uma das mais extensas pesquisas para objectos distantes do sistema solar.

Os mundos extraterrestres recentemente descobertos ocupam uma área de espaço um pouco além do que é conhecido como a “ponta do Cinturão de Kuiper,” a cerca de 50 unidades astronómicas do sol.

Na sua busca, eles descobriram uma colecção de novos e estranhos objectos que não só têm periélios elevados (q> 40 UA), mas têm também eixos surpreendentemente baixos ou moderados semimaior (semimajor) e excentricidades.

Com base nas conclusões da descoberta dos dois mundos extraterrestres, os astrónomos acreditam que é muito que uma população “significativa” de objectos semelhantes exista para além dos limites do Cinturão de Kuiper.

De acordo com especialistas, o estudo de objectos semelhantes poderá ajudar-nos a entender a história por trás Neptuno e a interacção com objectos celestes menores. Os pesquisadores também esperam entender como é que o gigante de gás influenciou e ajudou a formar os confins do nosso sistema solar.

Referência: BEYOND THE KUIPER BELT EDGE: NEW HIGH PERIHELION TRANS-NEPTUNIAN OBJECTS WITH MODERATE SEMIMAJOR AXES AND ECCENTRICITIES

In: Ancient Code




Please Enter Your Facebook App ID. Required for FB Comments. Click here for FB Comments Settings page

(Lida 88 vezes, 1 visitas hoje)
0
0
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE