Missão da NASA à Lua: O que descobriu a “Apollo 11” durante aqueles 2 minutos de silêncio?

A tripulação da da NASA na Missão da “Apollo 11”  conseguiu o primeiro pouso tripulado na Lua em 1969, mas há alguns pesquisadores que questionam se a NASA contou toda a verdade sobre o pouso. Aqui está o que alguns acreditam que aconteceu durante os dois minutos misteriosos, quando a “Apollo 11” ficou em silêncio no rádio.

(Vídeo – Buzz Aldrin parece dizer que nunca foram à Lua)

Especialistas no pouso lunar que estudaram atentamente a missão Apollo 11 audaciosamente afirmaram que a NASA está a reter informações sobre o que realmente aconteceu a 20 de julho de 1969. Logo após o Módulo Lunar da NASA pilotado pelos astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin pousar na Lua, as comunicações via rádio foram interrompidas. No programa do Canal História “Ancient Aliens”, o Dr. Michael Salla, autor de Exopolítica: Implicações Políticas da Presença Extraterrestre (Exopolitics: Political Implications of the Extraterrestrial Presence), disse que este fato tem estado no centro de um intenso debate. O especialista da NASA disse: “Durante a missão Lunar Apollo de 1969, após o pouso, houve um corte muito estranho nas transmissões de rádio.

“O que aconteceu nesses dois minutos tem sido objeto de muita controvérsia.”

Ao longo dos anos, os céticos da NASA e os teóricos da conspiração usaram os dois minutos de silêncio do rádio para desafiar a NASA e alegar que os Humanos nunca foram à Lua.

Alguns cientistas e pesquisadores da NASA chegaram a afirmar que os astronautas da NASA encontraram evidências de atividade Extraterrestre na Lua.

Um desses pesquisadores é o autor de alguns livros, David Childress, que disse que comunicações de “OVNIs estacionados” na Lua foram interceptados durante esse intervalo e escondidos do Público.

Pouso Lunar da NASA: Pesquisadores afirmam que Neil Armstrong viu “OVNIs estacionados” na Lua. (Image: NASA/ANCIENT ALIENS)

Childress disse: “Os astronautas aparentemente falaram sobre ver objetos extraterrestres na Lua, incluindo discos voadores estacionados ao longo da borda de uma cratera dentro do seu campo de visão”.

O também teórico de conspiração Mike Bara, autor de Ancient Aliens on the Moon, também alegou que os astronautas da NASA ficaram impressionados com uma incrível descoberta.

Bara, que também apareceu no Canal História, disse que ambos os astronautas da NASA estavam evidentemente perturbados por algo que viram na Lua dentro dos 30 minutos após o pouso.

A revelação foi feita por um canal “médico” secreto de comunicação entre a Apollo 11 e o controlo da missão da NASA na Terra.

Bara disse: “A verdade nisto tudo é que cada um dos astronautas tinha um canal médico separado.”

“Esse canal não era público e poderia ter sido usado com muita facilidade para transmitir informações que não queriam que fossem escutadas pelo público em geral.

“Porém, o que é realmente interessante sobre esta história, é o fato de que após 30 minutos de pousarem na Lua, a história que circulava pela NASA era, epa, adivinhem só o que aconteceu, eles viram alguma coisa na borda da cratera, ficaram todos preocupados, não sabiam o que fazer, não sabiam se deviam sair.”

E David Whitehead, apresentador de rádio e criador do podcast Truth Warrior, argumentou que a história é creditada pela linguagem corporal tensa e taciturna do astronauta em entrevistas após o regresso.

Pouso na Lua da NASA: A Apollo 11 pousou na Lua a 20 de julho de 1969 (Imagem: NASA)
Pouso na lua da NASA: Teóricos da conspiração estão intrigados com os 2 minutos de silêncio de rádio. (Imagem: NASA)

Whitehead disse: “É interessante que quando assistimos ao “feed” de quando eles voltam da Lua e eles não estão lá sentados a pular de alegria e a dizer: ‘Eu tive a experiência mais incrível da minha vida, eu estava na Lua’.

“Eles não dizem isso. Eles parecem muito taciturnos, muito deprimidos, eles estão a olhar para baixo.

“Eles quase que parecem querer vomitar – é o quão perturbados eles parecem estar.

“Eles podem ter visto algo na Lua que não queriam contar ao público por causa das implicações?”

Após o sucesso da Apollo 11, a NASA enviou mais seis Missões tripuladas à Lua antes que o interesse público pela exploração lunar diminuísse.

O último astronauta a caminhar na Lua foi Gene Cernan da missão Apollo 17 – o 11º e último homem a pôr os pés no satélite natural da Terra.

O fato de a NASA não ter voltado à Lua após o Encerramento do Programa Apollo tem sido outro ponto de discórdia entre os teóricos da conspiração e os céticos do pouso na Lua.

Alan Butler, autor de Who Built the Moon ?, disse em “Ancient Aliens”: “Uma das questões mais interessantes em relação à nossa interação com a Lua, é, porque é que nunca voltamos lá desde o fim das missões Apollo.

“E o que é muito mais revelador é que, embora a URSS na época estivesse a conseguir ter a capacidade de enviar os seus próprios astronautas à Lua, parece que nunca o fizeram.

“Será que existiam agências associadas à Lua, Extraterrestres ou outros seres que desejavam que a Humanidade permanecesse longe da Lua?

Quando é que a NASA vai voltar à Lua?

A agência espacial dos EUA anunciou audaciosamente em fevereiro deste ano que vai renovar seu foco em retornar permanentemente à Lua.

O administrador da NASA, Jim Bridenstine, disse em entrevista coletiva que a NASA irá para a Lua “o mais rápido possível”.

A agência espacial pretende enviar rovers remotos para Marte até 2024, seguidos por tripulações tripuladas em 2028.

O chefe da NASA disse: “É importante que voltemos à Lua o mais rápido possível.

“Desta vez, quando formos para a Lua, vamos para ficar.”

“Não vamos deixar bandeiras e pegadas e depois voltar para casa e não voltar à Lua por mais de 50 anos.”

Autor: SEBASTIAN KETTLEY

Fonte

Crédito Imagem Destaque 

Please Enter Your Facebook App ID. Required for FB Comments. Click here for FB Comments Settings page

(Lida 132 vezes, 2 visitas hoje)
0
0
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE