Sáb. Dez 15th, 2018

Esta gasolina é feita de carbono sugado do ar





Este combustível foi feito a partir de dióxido de carbono do ar, mais hidrogénio.Os seus apoiantes esperam que isso ajude na luta contra as mudanças climáticas.(Carbon Engineering) (Imagem 1)

Uma empresa canadiana afiliada a Harvard está a fabricar um combustível líquido neutro em carbono, e espera que a economia seja a seu favor.

Imagine conduzir até ao seu posto de gasolina local e ser capaz de escolher entre gasolina normal, premium ou sem carbono.

A Carbon Engineering, uma empresa canadiana, já está a produzir um combustível líquido sugando o dióxido de carbono (CO2) da atmosfera e combinando-o com o hidrogénio da água. Este é um avanço de engenharia em duas frentes: uma maneira potencialmente económica de retirar CO2 da atmosfera para combater a mudança climática e uma maneira potencialmente competitiva de produzir gasolina, diesel ou combustível de aviação que não adiciona nenhum CO2 adicional à atmosfera.

“Isto não vai salvar o mundo dos impactos da mudança climática, mas será um grande passo no caminho para uma economia de baixo carbono”, disse David Keith, professor de física aplicada em Harvard e fundador da Carbon Engineering. Keith disse que capturar CO2 do ar e produzir combustível não exigia avanços científicos de até $ 30 milhões de Dólares, oito anos de engenharia e “milhões de pequenos detalhes” para acertar o processo.

Acertar o processo também significa manter os custos abaixo de $ 100 Dólares por cada tonelada de CO2 removida da atmosfera. O custo de design e engenharia do projeto piloto que está a ser executado desde 2015 em Squamish, Columbia Britânica, foi publicado a 07 Junho de 2018  no Jornal “Joule” revisto por pares . A empresa utilizou processos industriais existentes para ampliar o projeto e reduzir custos.

“O nosso trabalho mostra os custos e a engenharia de uma planta em escala real que poderia capturar um milhão de toneladas de CO2 por ano”, disse Keith.




 
 
Remover Carbono: Por que é importante
 
Até agora, os custos de remoção de CO2, ou o que é conhecido como “captura direta de ar”, seriam de pelo menos $ 600 Dólares por tonelada. Esse é um valor demasiado alto para que seja útil sugar grandes quantidades de CO2 da atmosfera. Todos os anos, o mundo queima combustíveis fósseis suficientes para adicionar cerca de 40 biliões de toneladas de CO2. No entanto, manter o aquecimento global a menos de 2ºC (a meta internacional para evitar os impactos mais perigosos) provavelmente exigirá “emissões negativas” – alguma forma de retirar muito CO2 da atmosfera e armazená-lo permanentemente, de acordo com o Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática  ( Intergovernmental Panel on Climate Change  – IPCC).
 
 

Assista: “Carbon Can’t Hide Anymore.”. Este filme é parte do Showcase de Curtas-metragens e quaisquer opiniões expressas são as dos cineastas.

Ainda assim, mesmo a $ 100 Dólares por tonelada, não há compradores suficientes de CO2 neste momento. Assim, a empresa decidiu fabricar um combustível líquido neutro em carbono, disse Steve Oldham, CEO da Carbon Engineering. O CO2 capturado é combinado com o hidrogénio, que é feito através da eletrólise da água. Enquanto o processo requer muita eletricidade, a planta piloto em Squamish usa energia hidroelétrica renovável. O combustível sintético resultante pode ser misturado ou usado sozinho como gasolina, diesel ou combustível de aviação. Quando é queimado, emite a mesma quantidade de CO2 que foi gerada, então é efetivamente neutro em carbono.

“Agora ainda custa mais do que um barril de petróleo, mas em locais com um preço de $ 200 Dólares a tonelada, como o que é permitido pelo padrão de combustível de baixo carbono da Califórnia, somos competitivos”, disse Oldham numa entrevista.





 

O equipamento da Carbon Engineering tira dióxido de carbono da atmosfera em uma fábrica de testes na Colúmbia Britânica. (Carbon Engineering) (Imagem 2)

Um preço de carbono é um custo aplicado às indústrias que emitem poluição de carbono. A Colúmbia Britânica tem um preço de carbono de 35 dólares a tonelada, e todo o Canadá terá um preço de 10 dólares em setembro que subirá para 50 dólares em 2022. Nenhum estado dos EUA se juntou ainda, mas o Estado de Washington pode ser o primeiro a cobrar Taxa de poluição de carbono de US $ 15 se uma nova votação for aprovada. Os EUA estão a enfrentar custos de poluição atmosférica e climática que atingem pelo menos os $ 360 biliões dólares anuais, de acordo com um relatório de 2017.

“Estou animado com o projeto. Os números em Joule parecem bons ”, disse Klaus Lackner, do Centro para Emissões Negativas de Carbono da Universidade do Estado do Arizona, pioneiro no conceito de captura de CO2 diretamente do ar nos anos 90. A Carbon Engineering provou que isso pode ser feito e tem boa relação custo-benefício, e esse é um passo muito importante para a indústria, disse Lackner em uma entrevista.

O próximo passo é ter um número de usinas em expansão produzindo centenas de milhares de barris de combustível sem carbono, para reduzir ainda mais os custos, tal como aconteceu com os custos de energia solar e eólica que baixaram nas últimas décadas à medida que a foram cada vez mais implementadas. À medida que os preços caem, mais governos podem embarcar com a ideia de retirar o CO2 do ar.

“Vamos precisar de uma indústria de triliões de dólares para [manter o aquecimento abaixo de 2ºC]. Isso parece muito, mas a indústria aérea atual é maior ”, disse Lackner.

A Carbon Engineering está a construir uma usina maior, utilizando energia renovável de baixo custo, que produzirá 200 barris de combustível sintético por dia. Deve estar operacional em 2020, disse Keith. A empresa também está à procura de licenciar sua tecnologia.

“Achamos que isso é muito escalável e terá mercado a nível mundial”, diz Oldham. “Tudo o que você precisa é de ar e água como matérias-primas e um pouco de eletricidade”. E uma licença para utilizar a tecnologia.





 

In: National Geographic

Imagem Destaque

Imagem 1

Imagem 2

Fotos e Vídeo – Carbon Engineering

Please Enter Your Facebook App ID. Required for FB Comments. Click here for FB Comments Settings page

(Lida 4 vezes, 1 visitas hoje)
0
0
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE